Sejam muito bem-vindos a mais um texto da Eurekka sobre ansiedade. No texto de hoje a gente vai entender se a ansiedade tem cura! Mas além de aprender sobre o fenômeno da ansiedade, você também vai aprender 5 formas de aliviar os sintomas.

Ao longo do texto, a gente vai responder várias perguntas, como por exemplo:

  • A ansiedade pode ser saudável?
  • A ansiedade tem cura?
  • Quais são os principais sintomas da ansiedade?
  • Quais são as formas naturais e medicamentosas de tratar a ansiedade?

Então, se prepare. porque esse texto vai ser muito informativo e eu espero que ajude muitos de vocês que sofrem de ansiedade!

A ansiedade pode ser saudável?

E a resposta é que: sim! Existem níveis saudáveis e funcionais de ansiedade. A ansiedade é uma emoção natural, que todo ser humano tem a capacidade de sentir. Então, se todo o ser humano tem capacidade de sentir ansiedade, não faz sentido dizer que a ansiedade é uma doença.

Afinal, se a capacidade de sentir ansiedade é algo universal, deve ser porque ela tem alguma função. E se você estuda a fundo o fenômeno da ansiedade, você entende a função natural da ansiedade: ela prepara o seu corpo para um perigo no futuro.

Você já deve ter percebido que a sua ansiedade aparece, na maioria das vezes, associada a algum problema ou perigo futuro. Por exemplo, se você tem que se preparar para uma prova daqui a duas semanas, e ainda não estudou, você sente ansiedade. Ou por exemplo, se você tem uma conversa difícil com o seu marido, e você ainda não pensou em como conduzir essa conversa, você vai sentir ansiedade.

Em outras palavras, a ansiedade é uma emoção natural que serve para avisar você de um perigo futuro, para que você se prepare para esse perigo.

Se a sua ansiedade não lembrasse você de estudar, talvez você não se sentisse pressionado o suficiente para se dedicar ao estudo e passar na prova; se a sua ansiedade não lembrasse você de que essa conversa difícil está prestes a acontecer, talvez você chegasse despreparada na conversa e a conversa se transformasse numa briga.

Logo, a ansiedade pode ser saudável quando ela ajuda você a se preparar para um perigo real do futuro.

Ansiedade tóxica

Mas assim como a gente falou da ansiedade saudável, a gente precisa falar da ansiedade tóxica, que é quando a ansiedade passa do nível saudável. A ansiedade pode ficar tóxica toda vez que você tem sintomas físicos de ansiedade e tem muitas preocupações relacionadas a um problema, mas essas preocupações não se transformam em atitudes práticas para resolver o problema.

Ou seja, quando, em vez de conseguir usar a ansiedade para sentar e estudar, você fica remoendo aquele problema na sua cabeça e nada de prático acontece. Ou por exemplo, quando em vez de se preparar para essa conversa difícil com o seu marido, você fica remoendo ela na sua cabeça e chega nessa conversa despreparado.

A ansiedade tem cura?

Como a ansiedade é uma emoção natural, é impossível dizer que a ansiedade tem cura!

Todo o ser humano é capaz de sentir ansiedade e não faria sentido dizer que existe uma cura para algo que é natural de todo o ser humano. Porém, existem transtornos de ansiedade, que são doenças, e esses sim podem ser curados. Um transtorno de ansiedade é um diagnóstico médico que classifica qual é o seu tipo de ansiedade tóxica. Alguns exemplos de transtornos de ansiedade são:

  • Transtorno de ansiedade generalizada;
  • Transtorno do pânico;
  • Todos os tipos de fobias, inclusive fobia social;
  • Transtorno de estresse pós-traumático.

Todos os transtornos de ansiedade tem a possibilidade de cura, através de algum tipo de tratamento! Quando você se compromete com o tratamento e passa por todas as suas etapas, a chance dos sintomas sumirem é alta. Ao mesmo tempo, nenhum transtorno mental tem uma cura garantida.

Por isso, algumas pessoas podem fazer o tratamento e se curar em alguns meses e outras pessoas podem levar anos para se curar – dependendo do profissional, do seu comprometimento e de quão moderno é o tratamento.

Como identificar uma crise de ansiedade?

Nesse texto, a gente vai chamar de crise de ansiedade a mesma coisa que as pessoas, comumente, chamam de crise de pânico. Algumas pessoas gostam de diferenciar as duas coisas, mas hoje a gente vai tratar como se elas fossem uma só.

E de uma forma simples, uma crise de ansiedade é um período curto, de 10 a 15 minutos, em que você sente praticamente todos os sintomas de ansiedade ao mesmo tempo e na máxima intensidade. Também, nessas crises, é muito comum que você sinta medo de enlouquecer ou a sensação de que você está prestes a morrer ou correndo um grande perigo.

Se você já passou por uma crise dessa forma, você sabe que é muito difícil confundir uma crise de pânico com qualquer outra coisa. Afinal, a sensação de que você está prestes a morrer e sentir todos os sintomas ao mesmo tempo na máxima intensidade é muito único de estar passando por uma crise. Por isso, se você está em dúvida se você teve ou não teve uma crise de pânico, a resposta é que você provavelmente não teve.

Quais são os principais sintomas de ansiedade?

Eu vou dividir os sintomas de ansiedade nesse texto em sintomas físicos e sintomas mentais.

Sintomas físicos:

1. Coração acelerado e respiração ofegante

O primeiro deles é o coração acelerado e a respiração ofegante. Esses são os dois sintomas mais comuns que aparecem quando você está numa situação de ansiedade: sentir o coração acelerado e a respiração ofegante.

Não significa que você tenha um transtorno de ansiedade, mas que você está passando por um momento de ansiedade. No entanto, se o seu coração está acelerado e a sua respiração está ofegante pela maior parte do dia, mesmo em situações que não causam ansiedade para a maioria das pessoas, você deve investigar se isso pode ser um transtorno de ansiedade.

2. Sintomas no trato gastrointestinal

O segundo tipo de sintomas são sintomas relacionados ao trato gastrointestinal. A ansiedade afeta o seu sistema digestório diretamente. Por isso, é muito comum pessoas que sofrem de ansiedade sofrerem também de problemas no trato digestivo, como náuseas, enjoos, diarreia, constipação etc.

3. Sintomas na pele

E o terceiro tipo de sintoma físico são sintomas na pele. A pele é um órgão muito sensível ao estresse e ansiedade. Quando a ansiedade faz parte do seu dia e se repete muitas vezes ao longo da semana, o nível de inflamação da sua pele aumenta. E essa inflamação aumentada faz com que possam surgir manchas, irritações e machucados mais facilmente na sua pele.

Sintomas psicológicos:

São 3 principais sintomas psicológicos de uma pessoa que sofre de ansiedade.

1. Baixa concentração

Como a ansiedade é uma emoção que prepara o seu corpo para um perigo que pode vir de qualquer lugar do ambiente, ela faz com que sua concentração fique mais dispersa. Em outras palavras, ela faz com que a sua atenção esteja em todos os lugares e não em um único lugar. E essa característica da ansiedade faz com que a sua concentração diminua.

2. Pensamento preocupado e acelerado

Muitas pessoas que sofrem de ansiedade relatam que durante momentos de alta ansiedade sentem que entram num turbilhão de pensamentos. E nessas horas, é como se vários pensamentos passassem ao mesmo tempo pela sua mente, sem que você conseguisse agarrar nenhum.

Naturalmente, isso prejudica sua capacidade de raciocínio no momento de crise, o que pode fazer com que você esqueça, por exemplo, as técnicas que te ajudariam a sair da crise.

3. Vontade de fugir

Uma pessoa ansiosa tende a tentar fugir de qualquer situação, pessoa ou lugar que cause ansiedade nele. Então, como ela odeia sentir ansiedade – e é muito sensível à ansiedade – ela pode acabar desmarcando, cancelando e fugindo de todo tipo de compromisso que cause ansiedade.

Mas o problema é que fugir desses compromissos pode fazer com que a vida da pessoa perca muito da graça e do prazer. Além disso, pode fazer com que ela se isole cada vez mais e sinta cada vez mais o medo do mundo exterior.

Como curar a ansiedade de 5 formas diferentes

Quando eu falo de cura da ansiedade, quero falar sobre aliviar os sintomas físicos da ansiedade e ajudar no tratamento dos transtornos de ansiedade caso você tenha um diagnóstico, ok? Porque já falamos antes que, por não ser uma doença, não podemos dizer que a ansiedade tem cura. Nessa parte, a gente vai dividir os tratamentos em tratamentos naturais e tratamentos medicamentosos para ansiedade.

Tratamentos naturais para ansiedade:

Vamos começar com os tratamentos naturais para a ansiedade – e eu selecionei três para vocês.

1. Exercício físico

O primeiro dos tratamentos naturais é aumentar o exercício físico na sua vida. Exercício físico é um antidepressivo natural e um ansiolítico natural. Também, pessoas que praticam exercício físico regularmente têm 30% a 50% menos chance de desenvolver um transtorno de ansiedade do que pessoas que não praticam.

Isso significa que praticar atividade física, nem que seja uma simples caminhada, dia sim e dia não, pode ser uma ótima atitude de prevenção, na sua vida, contra transtornos de ansiedade.

2. Sono

O segundo tratamento natural para a ansiedade é melhorar o seu sono. Dormir mal causa uma piora nos sintomas de ansiedade na maioria das pessoas. Seguindo a mesma lógica, dormir bem causa uma melhora e uma diminuição dos sintomas de ansiedade para a maioria das pessoas, também!

E é por isso que você pode tomar, hoje, atitudes simples para melhorar o seu sono – atitudes que custam zero reais e têm um alto poder de impacto. Por exemplo, Você pode começar a fazer uma rotina de sono. Ou seja, ter um passo a passo antes de dormir que se repete, sempre igual, para acostumar o seu cérebro com a hora de dormir.

Também, outra atitude muito útil para ter um sono melhor é escutar um relaxamento guiado todo dia antes de dormir. Se você quiser executar o relaxamento guiado que a Eurekka gravou é só clicar aqui.

3. Psicoterapia

E a terceira forma de tratamento natural contra a ansiedade é a psicoterapia. A função mais importante da terapia para a pessoa com ansiedade é ensinar ela a se autoacalmar e ajudar ela a enfrentar as coisas que causam ansiedade, em vez de fugir.

Porque, na terapia, você consegue reverter esse ciclo vicioso que cada vez faz você ficar mais isolado. O terapeuta ajuda você a fazer isso com técnicas da psicologia e você consegue enfrentar os seus medos e ansiedades, um pouquinho de cada vez. E de todos os tratamentos naturais, esse é um dos que mais tem efeito!

Tratamentos medicamentosos para ansiedade:

No tratamento com um médico e com um psiquiatra para ansiedade, existem dois medicamentos que são os mais comuns, ok? O primeiro tipo de medicamento são os remédios antidepressivos e o segundo tipo de medicamento são os remédios calmantes.

4. Remédios antidepressivos

E pouca gente sabe disso, mas os remédios antidepressivos também são usados para o controle da ansiedade! Por isso, não fique assustado se o seu psiquiatra receitar um remédio antidepressivo e o seu caso for ansiedade. O objetivo desse remédio é equilibrar a química do seu cérebro, para que você tenha um pouco mais de ânimo e um pouco menos de agitação.

Esses remédios não têm efeito imediato, mas começam a fazer efeito a partir de duas ou três semanas de uso. E alguns dos princípios ativos mais comuns nesse tipo de remédio são: fluoxetina, sertralina, paroxetina, escitalopram, citolopram etc.

5. Remédios calmantes

E os remédios calmantes, diferentes dos remédios antidepressivos, têm um efeito imediato. Geralmente, o remédio calmante é receitado pelo psiquiatra para ser usado num momento de crise, ou logo antes de dormir para facilitar o sono.

Esses remédios não devem ser usados em excesso, porque eles podem causar dependência, ao contrário dos remédios antidepressivos. E alguns nomes comuns desses remédios são: alprazolam, clonazepam, rivotril, diazepam etc.

Tratamento da Eurekka para ansiedade

E pra finalizar eu queria explicar para você como funciona o tratamento da ansiedade com a Eurekka. A Eurekka é a maior clínica de terapia online do Brasil e a gente atende centenas de pacientes com problemas de ansiedade. O foco da nossa terapia é ensinar habilidades práticas e úteis para a vida de qualquer ansioso.

Nesse sentido, o terapeuta ajuda você a aprender a se autoacalmar, a organizar a sua vida e a enfrentar a ansiedade de uma forma que ela não seja mais uma barreira que separa você da vida que você quer. Todo esse processo é feito aos poucos, sessão por sessão. E dessa forma, dando um micropasso por dia e conseguindo uma microvitória por dia, você chega muito longe ao longo do tempo.

Se você quiser saber mais sobre a terapia da Eurekka e marcar sua conversa inicial, para dar início ao seu tratamento de ansiedade, é só clicar aqui! E para acessar mais conteúdos gratuitos como esse sobre psicologia e saúde emocional, clique na rede social que preferir: Instagram, Facebook e YouTube!