Coronavírus e saúde mental: 4 dicas de psicólogos

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS
Receba o Momento Eurekka com dicas semanais de Saúde Emocional exclusivas:

A relação entre o novo coronavírus e saúde mental prejudicada é cada vez mais evidente, como era de se esperar. Isso porque a crise resultante da pandemia de Covid-19 está afetando a população de duas maneiras: aumentando a ansiedade e a preocupação; e removendo as pessoas de ambientes que eram saudáveis.

Neste texto, você vai entender como a pandemia e a quarentena afetam a sua saúde mental. Além disso, vai aprender 4 jeitos simples de cuidar do seu emocional durante o surto e também vai receber uma dica extra para ter um acompanhamento da sua saúde mental durante essa época tão delicada.

A relação entre coronavírus e saúde mental afetada

Coronavírus e saúde mental

A Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, foi classificada como pandemia pela Organização Mundial da Saúde. De uma hora para a outra, nos vimos obrigados a encarar uma nova realidade: o isolamento social como forma de conter o vírus. Enquanto os profissionais de saúde de alguns países viam o sistema entrar em colapso com a alta demanda de UTIs e respiradores, as autoridades de saúde do mundo todo passaram a pedir para as pessoas ficarem em casa.

A Eurekka fez uma pesquisa com mais de duas mil pessoas no nosso canal do Telegram, com o seguinte resultado: mais de 70% das pessoas que responderam à pesquisa afirmaram que a sua ansiedade tinha aumentado um pouco ou muito depois de começar essa crise toda do coronavírus, classificada como pandemia pela Organização Mundial da Saúde. Ou seja, essa crise pode afetar a sua saúde mental. E no geral, de uma forma muito negativa!

Essa comoção toda aumenta a sua ansiedade e até depressão, porque é realmente preocupante ver o número de casos de coronavírus que terminam em morte. Assim como uma quantidade enorme de notícias sobre isso na mídia pode fazer com que você sinta que a sua infecção e a sua morte podem chegar a qualquer momento.

Além disso, como você está de quarentena agora, você está removido de ambientes que podiam ser terapêuticos para você. Para muitas pessoas, o trabalho, por exemplo, é o lugar de onde elas tiram a maior satisfação e prazer na vida. Para outras, fazer atividades ao ar livre pode ser uma fonte essencial de prazer e maestria. Durante essa época de pandemia do coronavírus, o acesso a esses lugares está limitado e isso pode afetar também a sua saúde mental.

Coronavírus e saúde mental: 4 jeitos simples de cuidar do seu emocional

Coronavírus e saúde mental

Pensando nos riscos que a crise do coronavírus pode trazer à sua saúde mental, resolvemos reunir 4 dicas simples para você passar por esse período da melhor forma possível!

1. Assista ao mínimo de notícias que for possível

Sim, pode ser muito importante assistir notícias para se informar sobre atitudes práticas de prevenção que você precisa fazer. Porém, é muito perigoso cair no risco de estar sofrendo de excesso de informação. Quando você fica verificando notícias sobre o coronavírus a cada dez minutos, é impossível que elas tragam algo realmente útil para sua vida.

Ou seja, você não precisa saber quantas pessoas morreram a cada dez minutos no Azerbaijão ou na Coreia do Sul. Essas notícias não vão mudar a forma como você leva o seu dia e as atitudes práticas que você toma para reduzir a sua chance de contrair o vírus.

Por isso, tente fazer uma dieta de informação. Foque 100% da sua energia em tomar os cuidados práticos para se prevenir da doença e gaste o mínimo de energia possível remoendo coisas que você não controla.

2. Pare de acompanhar grupos de WhatsApp paranóicos

Infelizmente, para a realidade brasileira, o WhatsApp é o maior aplicativo de disseminação de notícias falsas. Certamente você está em um ou mais grupos em que, agora, pessoas estão compartilhando notícias sobre o coronavírus sem verificar a fonte.

Claro que a intenção dessas pessoas pode até ser boa, mas o excesso de informação, sem conseguir diferenciar qual informação é confiável e qual informação não é confiável, acaba afetando a sua saúde mental e a sua ansiedade é aumentada. Por isso, se você se deu conta de que está em grupos que se transformaram em verdadeiros portais de fake news, silencie ou saia de.

3. Ocupe o seu tempo de quarentena de forma útil

Coronavírus e saúde mental

Se você não der algo para a sua mente para que ela se ocupe, ela vai ocupará em ficar se preocupando com toda essa situação. Por isso, se você quer usar esse tempo de quarentena para cuidar da sua saúde mental e fazer atividades produtivas, aqui vão algumas dicas:

Tenha uma lista de tarefas

Antes de tudo, comece o seu dia pegando uma folha e escrevendo as suas principais tarefas do dia, principalmente se você está trabalhando em casa. Porque, nessas horas, isso pode ajudá-lo a ter um foco e a direcionar a sua energia mental para cumprir tarefas práticas, em vez de remoer uma situação abstrata na sua cabeça.

Não fique de pijama o dia todo

Do mesmo modo, o ambiente em que você está, as roupas que você usa e as pessoas que estão em volta de você definem que vontades você vai ter ao longo do dia. Ou seja, se quer ter um dia produtivo, mesmo de quarentena, você precisa levar o seu ambiente e suas roupas a sério. Por isso, organize o seu quarto e vista roupas que inspirem você a fazer as atividades necessárias no dia a dia. E essa é uma boa dica principalmente para quem trabalha em home office.

Baixe aplicativos para aprender uma nova habilidade

Além disso, se você está com bastante tempo livre durante essa quarentena, você precisa dar uma direção para esse tempo livre, se não quiser acabar simplesmente mexendo no celular o dia todo. Uma ótima opção é procurar na loja de aplicativos do seu celular aplicativos para aprender inglês, aprender matemática, ou só aprender curiosidades mesmo. Quando você usa o seu tempo para agregar alguma habilidade nova pra você, a sensação no final do dia não é de culpa, mas de que o seu tempo foi bem aproveitado.

4. Saiba diferenciar o que você controla e o que você não controla

Em situações caóticas como essa, só existe um jeito de manter a paz no meio do caos. E esse jeito é mantendo sempre na cabeça a diferença entre o que você controla e o que não controla. Ou seja, você não controla o número de pessoas infectadas, você não controla o número de mortos, você não controla as atitudes do governo.

Mas é importante lembrar que você controla as suas atitudes. Por isso, se você consegue gastar o mínimo de energia com o que você não controla e o máximo de energia com o que controla, você toma as atitudes certas e alcança uma paz de espírito. Na opinião de Eurekka, esse é o princípio mais importante para sobreviver no meio do caos: diferenciar o que você controla do que você não controla.

Coronavírus e saúde mental na terapia online da Eurekka

sede presencial da Eurekka

Por fim, a Eurekka decidiu suspender todas as terapias presenciais nas sedes físicas. No entanto, a nossa terapia online continua 100% funcionando e 100% segura. Ou seja, se nesse momento você sente que precisa de mais bem estar e dar um cuidado especial para sua saúde mental, clica aqui para saber mais sobre a terapia da Eurekka.

Então, para acessar mais conteúdos gratuitos como esse sobre psicologia e saúde emocional, clique na rede social que preferir: Instagram, Facebook e YouTube!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 0

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

QUER MAIS?

TENHA A EUREKKA NA PALMA DA SUA MÃO
Instale o nosso aplicativo no seu celular.