Nomofobia: o que é e como saber se você sofre disso?

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS
Receba o Momento Eurekka com dicas semanais de Saúde Emocional exclusivas:

Vivemos em um século que vem avançando cada vez mais no setor de tecnologias. Ao passo em que isso é um avanço grande para a sociedade, pode ser um problema enorme também. Cada vez mais crianças e adolescentes têm contato com a internet e com aparelhos eletrônicos, o que vem causando um uso abusivo e dependência enorme entre eles e o mundo virtual. Isso é um transtorno psicológico chamado nomofobia.

Nesse texto, iremos explicar o que é esse transtorno, quais são os sintomas, os prejuízos e as causas. Além disso, você entenderá como evitar e prevenir a nomofobia, como identificar e como usar a tecnologia de um jeito mais saudável. Continue lendo para saber um pouco mais sobre tudo isso!

O que é nomofobia?

galera com nomofobia

A nomofobia vem se mostrando como um problema frequente e crescente entre os jovens. É um termo que define uma síndrome psicológica e que ocorre quando o indivíduo sente um medo irracional de ficar sem celular. Isso inclui o medo de ficar sem sinal e sem bateria também.

O termo “nomofobia” surgiu em 2008, e vem da expressão em Inglês “no mobile phone phobia”, que significa medo de ficar sem um telefone celular. Portanto, esse transtorno pode causar diversos distúrbios e se deve tratar com o auxílio de um profissional qualificado.

Há, em especial por parte dos jovens, um uso excessivo das tecnologias, o qual vem aumentando cada vez mais. Essa aproximação do jovem com a tecnologia causa um afastamento com o mundo real ao seu redor, o que pode levar ao desenvolvimento de outros transtornos. Como a depressão, por exemplo.

A dependência que se cria entre o ser humano e o aparelho eletrônico é um problema que vem se agravando cada vez mais. Hoje em dia, 66% da população sofre desse transtorno. Ainda não se definiu a nomofobia como um diagnóstico psiquiátrico. Porém, se usa muito esse termo em artigos populares e por profissionais da saúde.

Alguns termos clínicos que se usa para descrever a nomofobia são: “compulsão de mídia digital” e “comportamento compulsivo possibilitado pela internet”. Além disso, vale lembrar que essa dependência da tecnologia não está associada apenas aos telefones celulares. Mas, também, a diversos outros meios de acesso à internet: computadores, notebooks, vídeo games, MP3 players, entre outros.

Sintomas da nomofobia

A nomofobia pode desencadear uma sensação ruim e negativa quando se fica longe de qualquer tipo de contato com o mundo virtual. Alguns dos sintomas físicos que esse transtorno pode causar são a falta de ar, tontura, tremores, sudoreses, ataques de pânico, ansiedade e depressão.

Pode causar problemas físicos como, por exemplo, dor nos cotovelos, pescoço e mãos, bem como lesões nas pequenas articulações das mãos – devido ao fato de usar o teclado em excesso. Também causa o aumento da ansiedade em locais onde o uso de telefones celulares não é permitido.

Alguns outros sintomas que podem surgir com a nomofobia são sintomas de vício. Sendo eles: o aumento do batimento cardíaco, agitação, transpiração excessiva e respiração rápida.

Prejuízos da nomofobia

homem com nomofobia

Apesar de, muitas vezes, a nomofobia parecer um transtorno não tão sério e perigoso, com certeza é. No Brasil, a média de horas gastas pelas pessoas utilizando seus aparelhos celulares é de quatro horas e 48 minutos, sendo considerada a mais alta do mundo todo.

Isso significa que as pessoas utilizam seus celulares muitas vezes durante o dia, sendo muitos desses momentos inapropriados para o uso de um aparelho celular. Por exemplo, quase 1 em cada 10 pessoas admite fazer o uso do celular durante relações sexuais.

Outro exemplo é o uso do celular no trânsito – isso pode gerar sérios acidentes com gravíssimas consequências, certo? Enviar mensagens de texto faz com que a ocorrência de um acidente seja 23 vezes mais provável de acontecer, o que coloque a vida de inúmeras pessoas em risco – inclusive a do motorista.

Causas da nomofobia

Muitas são as possíveis causas desse transtorno, e agora iremos citar algumas delas para que você possa entender um pouco mais sobre o que pde vir a desencadear a nomofobia.

Desde o ano de 2005 é fato que alguns fatores psicológicos estão ligados ao uso excessivo das tecnologias. Dentre eles, um é ter personalidade extrovertida, o que faz com que as pessoas usam o telefone móvel em excesso.

Outro é ter problemas com sua autoestima, levando o indivíduo a buscar um tipo de reafirmação sobre si mesmo através do uso do celular. Além disso, se acredita que o transtorno da nomofobia está ligado a condições psicológicas que já existiam.

Essas podem ser: transtorno do pânico, fobia social, ansiedade social, impulsividade, alta introversão, alta extroversão, senso de urgência e busca de sensações. Ademais, o uso de aparelhos eletrônico a partir de uma idade muito baixa também é um fator que pode aumentar as chances de desenvolvimento da nomofobia.

Como saber se você tem nomofobia

A nomofobia nem sempre é vista como uma doença, portanto, pode demorar um pouco até que seu diagnóstico seja feito. Para saber se você sofre disso, analise se você anda sentindo e se identificando com algum dos sintomas já descritos acima.

Além disso, alguns sinais podem ajudar na identificação desse transtorno, como carregar muitas vezes o celular para garantir que o mesmo não fique sem bateria e acordar no meio da noite para olhar o celular. Portanto, ficar muito chateado quando esquece o celular em casa, fazer diversas pausas durante o trabalho para usar o celular, ficar ansioso quando está longe do aparelho e nunca o desligar, também são sinais.

Dicas para enfrentar a nomofobia

nomofobia

Esse é um transtorno que vem aumentando cada vez mais, mas também é algo muito novo e que está sendo muito estudado. Por isso, os tratamentos ainda são novos e limitados, mas já se sabe que a psicoterapia cognitivo- comportamental e o uso de medicamentos, quando necessário, é um bom tratamento que vem mostrando resultados bastante promissores.

Porém, apesar de haver tratamento, o que é o melhor para a sua saúde e sua vida é prevenir desde o início o avanço desse transtorno psicológico. Como evitar o uso do celular durante refeições e não checar o celular assim que acordar pela manhã.

Além disso, deixar o celular de lado ao sair com familiares e amigos, não utilizar o aparelho durante o trabalho se possível, bem como estabelecer uma parte do seu dia para ficar longe de qualquer contato com aparelhos eletrônicos. Isso não apenas irá prevenir o desenvolvimento da nomofobia, como também irá melhorar a sua qualidade de vida.

Desligar o celular durante a noite e o deixar carregando longe da sua cama, também é uma atitude que pode ajudar muito. É vital lembrar que ao pais devem ter maturidade e clareza suficientes para avaliar qual é o momento correto de comprarem para seus filhos aparelhos eletrônicos, se perguntando se a criança precisa mesmo e se fará um bom uso dos mesmos.

Uma outra forma de prevenção interessante é a conversa sobre esse transtorno psicológico nas escolas. Conhecer a patologia e também as consequências causadas por ela é uma maneira de sensibilizar os alunos para que diminuam o uso de seus aparelhos.

Benefícios reais do uso do celular

O uso de aparelhos celulares traz, sim, diversos benefícios à vida de todas as pessoas. Quando se tem um aparelho móvel e o acesso à internet, as mais variadas ações se tornam possíveis.

A comunicação instantânea com outras pessoas de qualquer lugar do mundo, acesso a artigos e pesquisas e a possibilidade de aprender qualquer coisa nova – muitas vezes de graça. Também poder sair sozinho e sentir mais seguro enquanto compartilhar sua localização com alguém.

Por fim, estes são apenas alguns exemplos de tudo de positivo que é possível fazer um o acesso à tecnologia. Porém, vale lembrar que você só irá se beneficiar com tudo isso e aproveitar, se fizer um uso consciente do celular.

Como usar a tecnologia de forma saudável

Como citado acima, são diversas as formas positivas e saudáveis de fazer um bom uso da tecnologia. Se usa a internet de forma saudável quando se usa a mesma para o seu crescimento pessoal, aprendizado, comunicação e para facilitar sua vida.

Tudo isso envolve se comunicar com seus amigos e familiares na medida certa e necessária, aprender coisas novas e que lhe trarão um crescimento e satisfação pessoal grandes, bem como para conseguir meios de transporte, pagar uma conta, até mesmo comprar uma peça de roupa que você gostou. São inúmeras as possibilidades!

Porém, tudo isso deve ser feito de maneira consciente e controlada. As dicas de prevenção contra a nomofobia citadas em um tópico acima servem, na verdade, para qualquer pessoa que queira fazer um bom e consciente uso da tecnologia.

Por fim, não usar seu celular durante o horário de almoço e durante o trabalho se possível. Mas também estabelecer uma parte do dia para ficar longe dele são exemplos que podem te ajudar muito a não se apegar demais no seu celular e a ter um estilo de vida mais leve e saudável.

Terapia com a Eurekka

sede presencial eurekka

Os tratamentos para a nomofobia ainda são novos, porém são muito promissores e apresentam bons resultados. Entre eles, está a realização da psicoterapia cognitivo- comportamental.

Se você perceber que algum amigo, familiar, ou até você mesmo, está exagerando e passando dos limites no uso do telefone celular, pode ser o momento de iniciar um tratamento com uma ajuda profissional.

A Eurekka é uma clínica de psicologia e medicina, que atende tanto de maneira presencial quanto de maneira online. Se você quiser saber sobre nossa terapia é só clicar aqui. Para saber sobre atendimento médico com a Eurekka clique aqui.

Além disso, aproveite e confira também todos nossos conteúdos em nossas redes sociais: InstagramFacebook e Youtubee aproveite para baixar o nosso aplicativo!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados

ATENÇÃO TERAPEUTA

desafio terapeuta confiante

DOMINE O ATENDIMENTO ONLINE

09 aulas ao vivo gratuitas para você aprender tudo sobre atendimento terapêutico online.