Solidão: o que é, quais as causas e os riscos associados?

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS
Receba o Momento Eurekka com dicas semanais de Saúde Emocional exclusivas:

Em algum momento de sua vida talvez você tenha sentido um grande vazio, algo que nada nem ninguém poderia preencher naquele momento, você sentiu solidão.

É comum que em determinados momentos nos tenhamos o sentimento de solidão e, para maioria das pessoas, esse sentimento passa e a vida segue.

Mas algumas pessoas podem se sentir sozinhas por muito tempo, a ponto que esse sentimento comece a impactar o seu dia-a-dia e causar problemas mais sérios.

Nesse texto vamos explicar para você o que é a solidão, vamos falar algumas das possíveis causas e por fim quais os riscos que o sentimento prolongado de solidão pode trazer.

O que é a solidão?

A solidão é um complexo sentimento negativo que surge quando, por algum motivo, nos sentimos desconectados do mundo ao nosso redor.

O sentimento de solidão pode aparecer mesmo quando estamos com diversas pessoas a nossa volta, porém temos a sensação de não fazer parte de nada ou nenhum grupo.

Se sentir sozinho no mundo é algo comum que a maior parte das pessoas irá experienciar em algum momento, em geral relacionado a grande transições da sua vida. Mais do que isso, segundo alguns pensadores a solidão é necessária para nosso entendimento de estarmos no mundo.

O grande problema é quando a solidão dura por muito tempo, trazendo consigo tristeza e desânimo. Nesse caso a solidão já pode ser considerada um transtorno e deve ser pensado um tratamento para esse sentimento.

Solidão x Solitude

Antes de tudo, precisamos diferenciar a solidão da solitude. Este conceito de solitude, representa um estado em que a pessoa está sozinha ou isolada, porém não está sentido a solidão.

Dessa forma, uma pessoa na condição de solitude pode viver bem, mesmo sem o contato de outros indivíduos. Apesar de que no dia-a-dia é muito difícil encontrarmos alguém totalmente isolado.

Para a maioria das pessoas a solitude não precisa ser um isolamento total, mas sim o fato de ficarmos confortáveis com a ideia de passarmos um período sozinhos.

Essa habilidade pode ser treinada e desenvolvida aos poucos, porém é muito interessante que cada pessoa consiga ficar bem em estar sozinha e olhar um pouco para si mesma, sem que isso cause angústia.

O que causa a solidão?

Conforme já falamos, a solidão é um sentimento, logo cada pessoa terá sua maneira de sentir e também suas causas próprias. Para entender porque você se sente de determinada forma é necessário olhar para si.

Mas podemos citar algumas situações que são comuns de gerarem o sentimento de solidão, a seguir vamos falar um pouco de algumas delas.

Grandes mudanças de vida

A solidão está muito associada a momentos de mudança em nossa vida como: sair da casa dos pais, entrar no mercado de trabalho, ter um filho, entre diversos outros.

Assim, nesses momentos a pessoa pode sentir que o que ela sabia ou sentia antes não é mais aplicável e a solidão pode vir como essa desconexão da realidade.

Em geral, esse tipo de solidão é aquele que gera algum crescimento pessoal, fazendo com que a pessoa reconsidere suas prioridades. Eventualmente, a solidão irá desaparecer e a pessoa conseguirá olhar com novos olhos a mudança em sua vida.

Perdas

Quando sofremos perdas de pessoas queridas para nós, podemos acabar nos sentindo extremamente sós.

A morte de uma pessoa próxima é um evento altamente desestruturante para qualquer pessoa, mas cada um irá ter a sua forma de processar o luto.

De forma similar, o término de um relacionamento pode trazer um grande impacto na vida de uma pessoa, podendo fazer com que ela sinta uma solidão extrema.

Nesses casos, uma rede de apoio é essencial, formada por familiares e amigos. Junto a isso é recomendado a busca de ajuda profissional, principalmente em casos que a perda causa grande desestabilização na pessoa.

Transtornos psicológicos

Uma pessoa pode acabar se isolando por sofrer de algum transtorno de origem psicológica. Algumas condições como agorafobia e fobia social fazem com que a pessoa tenha muito medo de sair de casa ou entrar em contato com outros, gerando uma grande solidão.

Mesmo distúrbios como ansiedade e depressão, podem gerar quadros de solidão, fazendo com que a pessoa se isole cada vez mais de outros.

Os sintomas gerados por um transtorno não dependem da força de vontade da pessoa, acreditar nisso é causar sofrimento desnecessário. Assim, nesses casos, é necessária uma intervenção médica e psicológica.

Personalidade

Diversas características da personalidade uma pessoa podem fazer com que ela escolha por ser isolar dos outros, porém essa escolha pode gerar muita solidão.

Como falamos antes, é perfeitamente possível viver bem sozinho, ou com contato social reduzido, esse estado é chamado de solitude. Mas, se estar sozinho é algo que causa grande angústia ou desconforto, então a pessoa está sofrendo com solidão.

Assim, é muito importante que a pessoa entenda o porque de sua escolha de estar sozinho e avalie se é isso que ela realmente quer.

Medo

Por fim, vamos falar um pouco do medo, uma de nossas emoções básicas que pode gerar diversos comportamentos. Em relação a solidão, diversos medos podem fazer com que uma pessoa não queira de se expor e acabe se isolando.

As vezes, mecanismos de defesa são criados para combater esse medo, porém esses mesmos mecanismos fazem a pessoa se isolar e se sentir só.

Para tratar esses medos é altamente recomendável o acompanhamento profissional, alguém que possa ajudar a pessoa a entender e extinguir essas fortes emoções.

desafio emocional testes

Por que temos medo da solidão?

Nós falamos um pouco sobre medos que geram a solidão. Mas e as pessoas que têm medo de ficar sozinhas?

É comum encontrarmos pessoas que acham muito desconfortável ficar sozinhas e por isso estão sempre em busca de alguma companhia.

Esse medo está relacionado ao fato de que quando ficamos sozinho, estamos entregue as nossas ideias e em contato com a parte mais intimas de nosso ser.

Porém ficar confortável em estar só, a solitude, é algo que pode ser treinado, a pessoa pode ir desenvolvido aos poucos essa habilidade.

Prejuízos da solidão

solidão

Como já mencionamos, a solidão, embora desconfortável, é um sentimento natural e faz parte de nossa experiencia como seres humanos.

Porém quando o sentimento de solidão dura por muito tempo, ele pode trazer danos sérios ao nosso organismo, servindo de porta de entrada para problemas de saúde.

Geralmente essa solidão estará associada a outras emoções e condições, como tristeza, cansaço, desânimo.

Alguns dos transtornos ou problemas de saúde que podem ser desencadeados por um sentimento prolongado de solidão são:

Tratamento com a Eurekka

sede extra

Conforme vimos ao longo do texto, a solidão, se sentida em excesso, pode causar sérios problemas, impactando fortemente a saúde mental. Dessa forma, quando o sentimento de solidão chega nesse ponto é necessário buscar ajuda.

A Eurekka é uma clínica de psicologia que atende tanto de maneira online quanto presencial. Temos um time de terapeutas qualificados, prontos para ajudar você. Se você quiser saber mais sobre nossa terapia é só clicar aqui.

Além disso, a Eurekka também conta com atendimento médico de diversas especialidades, inclusive psiquiatria. Para saber sobre consultas médicas é só clicar aqui.

Por fim, a Eurekka tem diversos materiais gratuitos sobre assuntos diversos, desde saúde mental até bem-estar. Confira todos eles: Blog,InstagramFacebook e YouTube. Você pode conferir pelo nosso Aplicativo também!

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados