Acne: quais são os tipos, causas e tratamentos?

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS
Receba o Momento Eurekka com dicas semanais de Saúde Emocional exclusivas:

A acne talvez seja a “pedra no sapato”  de qualquer pessoa. Ela interfere de forma direta na  aparência, na autoestima e na qualidade de vida. Assim, jovens com espinhas e cravos sofrem e muitas vezes se retraem, ficam tímidos, inseguros e sem estímulo para se relacionarem.

É comum, inclusive, que acne mais severas colaborem para quadros de depressão!

Atualmente, há saída para este dilema e muitos cuidados podem melhorar a autoestima das pessoas com acne. Hoje, você vai descobrir o que é a acne, como identificar seu tipo e causa e quais os melhores tratamentos para uma pele mais bonita e saudável!

O que é Acne?

mulher com espinhas acne

Acne é uma inflamação das glândulas sebáceas e dos folículos pilosos (região em que nascem os pelos).

As glândulas sebáceas têm a função de produzir uma matéria oleosa, chamada sebo, que lubrifica e impermeabiliza a pele e os pelos dos mamíferos. Quando ocorre a inflamação dessas glândulas, tem início a formação da acne.

Como ocorre a acne?

Os poros da pele ficam cheios de sebo e células mortas, formando os chamados cravos. Estes podem romper-se, liberando o material de seu interior na pele, gerando as espinhas.

O processo inflamatório é muito comum durante a puberdade por conta das grandes mudanças dos hormônios sexuais, mas também pode acontecer na fase adulta por diversos motivos

Sintomas da acne

mulher cuidando da pele acneica

A acne se desenvolve com mais frequência no rosto, no pescoço, peito, ombros ou costas e pode variar de leve à grave.

Geralmente, a acne provoca só espinhas e cravos. Mas, às vezes, pode evoluir para cistos e nódulos! Dessa forma, as lesões císticas são espinhas grandes e profundas, muitas vezes dolorosas e que podem deixar cicatrizes na pele.

Acompanhe como cada uma se caracteriza:

  • Cravo: pequenas lesões abertas (com o pontinho preto para fora) ou fechadas;
  • Espinhas: as conhecidas lesões com a ponta amarelada ou branca;
  • Pápulas: pequenos inchaços vermelhos;
  • Pústulas: pequenas “bolhinhas” com pus que podem aparecer na pele;
  • Nódulos: crescimentos anormais na pele ou qualquer tecido do corpo, formando elevações;
  • Cistos: espécie de bolsa de tecido, que pode ser cheia de ar, líquido, pus ou outro fluido.

Tipos de acne

A acne se dividida por graus de gravidade:

  • Acne Grau I: apenas cravos, sem lesões inflamatórias (espinhas);
  • Grau II: cravos e espinhas pequenas, com pequenas lesões inflamadas e pontos amarelos de pus (pústulas);
  • Acne Grau III: cravos, espinhas pequenas e lesões maiores, mais profundas, dolorosas, avermelhadas e bem inflamadas (cistos);
  • Acne Grau IV: cravos, espinhas pequenas e grandes lesões císticas, vários abscessos conectados e cicatrizes irregulares levando à deformidade da área afetada (acne conglobata).

Principais causas da Acne

microscópio exame laboratorial

A acne tem fundo genético e hormonal. Também pode ser causada por infecções, estilo alimentar, de vida e por questões psicológicas.

Genética:

Cientistas europeus do Instituto Nacional de Pesquisa em Saúde (NIHR) realizaram um  estudo com 26.722 pessoas, dos quais, mais de 5 mil tinham acne do tipo grave. E descobriram que a resposta está nas características dos folículos pilosos, de onde nascem os pelos. Características essas que passam dos pais para os filhos.

Hormonal: 

As causas hormonais de acne resultam de secreção aumentada dos hormônios andrógenos. Ou seja, o aumento dos hormônios “masculinos”, tanto nos homens quanto nas mulheres.

Dessa forma, a presença de acne na fase da puberdade é normal em ambos os sexos, sendo causada pelas modificações hormonais características dessa fase do desenvolvimento.

Além disso, as mulheres com doença hormonais, como a síndrome do ovário policístico (SOP) estão mais propensas à acne. Isso porque uma característica da SOP é o hiperandrogenismo, que pode se manifestar como excesso de di-hidrotestosterona (DHT), um derivado da testosterona.

Infecções:

Nossa pele tem pequenos buraquinhos chamados poros que podem ser bloqueados por oleosidade, bactérias e sujeiras. Quando isso acontece, pode aparecer uma pequena pústula ou espinha. Se a pele é afetada muitas vezes por essa condição, a tendência é de desenvolver um quadro de acne.

Alimentação e estilo de vida:

comida saudável para prevenir acne

Uma alimentação equilibrada, rica em alimentos anti-inflamatórios como verduras, frutas e legumes, ajuda a combater a acne.

A ingestão de ômega 3, encontrado em peixes de água fria, também é muito importante. Além disso, é legal incluir na dieta algumas oleaginosas como a castanha-do-pará e nozes.

Por isso, para prevenir acne, você deve comer alimentos ricos em zinco, encontrados na proteína das carnes de frango, carne bovina e de peixe.

As fibras são fundamentais, pois além de ajudarem a regular as funções intestinais, influenciam diretamente na formação do sebo causador da acne.

Além disso, sua rotina diária deve ter alguns cuidados como:

  • Fazer exercícios físicos regularmente;
  • Dormir bem;
  • Evitar estresse.

Tudo isso ajuda a controlar problemas de pele como a acne, porque colaboram com a desinflamação do seu corpo!

Psicológicas:

O estresse, quando é muito intenso, aumenta a produção de cortisol e hormônios andrógenos, que estimulam ainda mais a glândula sebácea. Isso é observado em indivíduos com mais de 25 anos que, por conta de um período de estresse intenso, veem o aparecimento de espinhas.

Segundo os especialistas, a acne está associada ao estresse entre 3 e 5% dos casos. Uma estimativa feita pela Sociedade Brasileira de Dermatologia apontou que a causa dos problemas de pele em cada um de três pacientes é emocional – como estresse, ansiedade e depressão.

Prevenção da Acne

lavar o rosto com água sabonete líquido acne

A Sociedade Brasileira de Dermatologia aconselha que a prevenção comece sempre com uma rotina de higiene. O ideal é que você saiba o seu tipo de pele, mas, no geral, faça o seguinte:

  • Lave sua pele com movimentos delicados por 45s;
  • Use um sabonete adequado para a sua pele;
  • Evite cosméticos que aumentem a oleosidade da pele;
  • Por incrível que pareça, não fique lavando sua pele várias vezes ao dia, porque causa irritação e pode piorar as lesões;
  • Não se exponha exageradamente ao sol e use protetor solar;
  • Mantenha seu cabelo limpo, para evitar que os fios oleosos também deixem a pele oleosa, principalmente do pescoço;
  • Evite tocar no rosto com frequência.

Tratamento da acne

mulher tratando a pele com máscara facial

Os dermatologistas aconselham que se trate a acne o mais cedo possível. Pois isso evita marcas que podem ficar para sempre na pele e também evita danos psicológicos ao paciente.

O tratamento varia de acordo com a gravidade da lesão e só quem poderá definir o tratamento é o dermatologista!

Medicação

Se a acne for simples, o tratamento pode ser direto na lesão, com inúmeros produtos existentes no mercado, isolados ou combinados: ácido salicílico, peróxido de benzoíla, retinoides (tretinoína, adapaleno), antibióticos (clindamicina e eritromicina), de preferência associados – no mesmo produto – aos retinoides ou peróxido de benzoíla) e ácido azeláico.

Se o problema persistir, o médico indicará um tratamento com antibiótico via oral, da classe das:

  • Ciclinas (tetraciclina, doxiciclina, minociclina, limeciclina);
  • Macrolídios (eritromicina);
  • Sulfas (sulfametoxazol-trimetoprim).

Sempre associados ao tratamento local com retinoides ou peróxido de benzoíla ou ácido azeláico. Este tratamento deve ser feito por, no máximo, três meses, em um ou até três ciclos, devidamente orientados pelo seu dermatologista.

Por fim, se nenhum dos tratamentos anteriores funcionar e o quadro de acne comprometer a pele do paciente com cicatrizes e também sua qualidade de vida, o médico indicará a isotretinoína, conhecida com o nome comercial de Roacutan.

Mas, atenção! Durante o tratamento você pode ter vários efeitos colaterais: ressecamento dos lábios, nariz, olhos, pele do corpo; aumento do colesterol, triglicerídeos e enzimas hepáticas. Além disso, é proibido para gestantes, pois causa danos graves ao feto.

Há também o tratamento hormonal, que se indica para acne de moderada à severa em mulheres, e pode ser feito por meio de algumas pílulas anticoncepcionais

Procedimentos

Há muitos procedimentos que ajudam a controlar a acne, no entanto, o ideal é que sejam feitos por pessoas especializadas como esteticistas.

Entre os procedimentos mais indicados, estão: extração de “cravos”, drenagem de abscessos, infiltração com corticoides em nódulos muito inflamados ou em cicatrizes elevadas, peelings químicos, microdermoabrasão (procedimento que realiza a esfoliação física e muito superficial da pele), alguns tipos de laser, luzes e esfoliações químicas.

Por sua vez, a limpeza de pele periódica, indicada pelo dermatologista, também é uma maneira eficaz de tratar alguns tipos de acne, desde que feita por um esteticista especializado.

Medicina alternativa

ilustração medicina alternativa para pele com acne

De acordo com dermatologistas, alguns chás e frutas são usados como tônicos faciais, desde que preparados na medida certa.

Por exemplo, chás como o preto, a camomila, a erva-cidreira e o capim-limão podem ser preparados em forma de compressas. Eles são bons porque contêm antioxidantes e, dessa forma, atuam como anti-inflamatórios.

Pode-se usar também algumas frutas, a aveia e o mel para fazer máscaras faciais. É o caso do abacate e do mamão.

Além disso, alguns estudos mostram que a acupuntura proporciona ótimos benefícios na estética facial, promove o equilíbrio geral do organismo, estimulando a circulação linfática, sanguínea e energética, além de tratar a acne, ameniza as rugas, linhas de expressões e o excesso de oleosidade da pele, melhora o tônus, proporciona bem estar físico e mental, aumenta o brilho da pele e a deixa mais hidratada.

Outra atitude essencial é tomar bastante água, porque a água ajuda a eliminar as toxinas que, mais tarde, podem provocar as inflamações na pele.

View this post on Instagram

Você conhece a Argiloterapia? . 🔍 A argila é um elemento pelo Homem há muitos anos. Apontamentos históricos relatam que o uso da argila com finalidades terapêuticas e estéticas na antiguidade era muito comum. Gregos egípcios utilizavam para limpeza de pele, por exemplo. . 🔍 Ela faz parte dos vários tipos de solos e são partes importantes da crosta terrestre, podendo ser encontrada em seu estado puro ou misturada com outros minerais. Formadas quimicamente por silicatos hidratados de alumínio, ferro, magnésio, entre outros elementos, podendo conter matéria orgânica e sais solúveis. . 🧖🏼‍♀️Podendo ser utilizada no rosto, corpo e couro cabeludo! . 🔬Mas quais são os benefícios? Existem benefícios fisiológicos, energéticos e cromoterápico (utilização das cores). Argilas possuem uma potente capacidade de promover a absorção e remoção de materiais pesados, toxinas e impurezas da pele, além de depositar os benefícios de seus minerais. Promovendo o benefício de desintoxicar a pele e nutrir. ROSA • Tem propriedades de tonificar a pele, promovendo elasticidade, realça o brilho da pele e a maciez, além de emoliente, relaxante e antioxidante. Indicada para as peles sensíveis e delicadas. É a cor do relaxamento, possui vibrações suaves, para autoconfiança e harmonização. VERDE • Controle de oleosidade, muito utilizada em peles com acne. A cor ajuda a aliviar as emoções negativas, o estresse mental, o esgotamento. VERMELHA • Estimula a a circulação sanguínea, linfática e oxigenação da pele. É a cor do impulso, coragem para a realização do movimento, força de vontade, ajuda a romper padrões de rigidez. BRANCA • Tem efeito depurativo, higienizante, descongestionante, tensor suave e revitalizante. Auxilia no aporte sanguíneo, oxigena e nutre a pele. PRETA • Efeitos antissépticos e cicatrizantes, hidratantes na pele e reduz as inflamações. É a cor que detém o poder do julgamento, visionária. O preto está ligado a pensamentos e ideais mais elevados. CINZA • Combate espinhas e cravos, usada em casos de peles extremamente inflamadas. Efeito descongestionante e ajuda na reconstituição da pele. É a cor para controle explosões emocionais, para estabilidade.

A post shared by Bianca | Esteta Cosmetóloga (@biappolo) on

Além disso, o óleo de rosa mosqueta tem efeito regenerador, porque é rico em ácidos graxos e vitamina A. Ele é capaz de reforçar o colágeno e a elastina, o que fortalece a pele e dá firmeza a ela. E a argila tem a capacidade de promover a absorção e remoção de materiais pesados, toxinas e impurezas, garantindo a nutrição da pele.

Tem ação antisséptica e cicatrizante, além de absorver a oleosidade sem desidratar a pele. A argila branca, por exemplo, é altamente indicada para peles mais sensíveis, envelhecidas, desidratadas ou com acne, pois trata esse tipo de pele sem descamar, nem retirar a hidratação natural.

Materiais gratuitos sobre saúde da Eurekka

sede presencial eurekka

Dermatologistas e psicólogos, em conjunto, fazem um trabalho de recuperação da autoestima e fortalecem o seu vínculo com a sua vida social, familiar, e com o  trabalho. A Eurekka oferece este tratamento com todo o cuidado que você merece, aqui você pode conversar tanto com psiquiatras quanto com psicólogos.

Se você tem curiosidade em ver como funcionam nossas consultas você pode marcar uma conversa inicial com um dos nossos psiquiatras clicando aqui!

Além disso nós temos diversos conteúdos gratuitos como esse que você acabou de ler em nosso blog e em nossas redes sociais: YouTubeTelegramFacebook e Instagram! 

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 3

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

QUER MAIS?

TENHA A EUREKKA NA PALMA DA SUA MÃO
Instale o nosso aplicativo no seu celular.