Olá pessoal, tudo bem? Sejam muito bem-vindos a mais um texto do nosso blog. No texto de hoje vamos falar sobre um assunto muito perguntado por vocês em nosso Instagram: como diminuir o estresse!

Até o final desse texto, você vai saber como diminuir de vez o seu estresse diário com técnicas e dicas dos psicólogos da Eurekka. Vamos lá?

Existe um método para evitar o estresse?

Sim! E para explicar isso vou contar uma história:

Por acaso você já teve um automóvel, uma moto ou até mesmo uma bicicleta? Se sim, você sabe que existem duas maneiras de um automóvel receber manutenção.

Pode ser através de: quilômetros rodados e tempo. Ou seja, algumas peças precisam ser trocadas a cada seis meses, outras apenas quando o automóvel atingir uma quilometragem específica.

Agora, imagine que você tem utilizado um automóvel dentro da cidade e já está acostumado a fazer a manutenção desse veículo no tempo determinado. Ou seja, a cada 6 meses você leva ele para a revisão.

No entanto, você passa a utilizar esse veículo também nas estradas; a quilometragem vai aumentar, não é mesmo? Porém, se você seguir com o mesmo ritmo de manutenção – a cada seis meses – e não prestar atenção na quilometragem, as chances de você ser deixado na mão pelo seu veículo é muito alta!

Essa analogia serve para mostrar para a gente que, em alguns momentos da vida, por mais que o tempo esteja passando da mesma forma, o nosso desgaste está sendo acima da média. Nesse sentido, a reflexão que eu quero trazer é que muitas vezes o estresse surge a partir de mudanças.

Então, é importante ficarmos atentos a que tipo de carga emocional e mental estamos recebendo nesses últimos tempos. Talvez, o que esteja acontecendo é que você estava acostumado a fazer uma manutenção por tempo e agora precise fazer uma manutenção por quilômetros rodados.

O que fazer para diminuir o estresse?

Existem diversas esferas em nossas vidas e cada uma delas tem suas situações estressantes específicas. Por isso, vamos falar de 3 tipos de estresse: o estresse no trabalho, o estresse mental e o estresse emocional.

Apesar de o estresse ser uma reação fisiológica do nosso corpo, ela comunica ao nosso corpo que está no momento de dar uma paradinha. Ou seja, algo não está bem e está na hora de parar um pouco.

E por mais que o estresse se manifeste sempre de uma forma similar, em cada contexto ele terá suas peculiaridades.

Como diminuir o estresse no trabalho

Embora se sentir eventualmente estressado no ambiente de trabalho seja super comum, quando isso se torna rotina pode ser muito prejudicial para sua saúde mental e física. Por isso, trouxemos 3 técnicas para se autoacalmar quando o estresse aparecer!

1. Faça pausas programadas

A primeira dica para você diminuir o estresse no seu ambiente de trabalho é ter pausas programadas! Você pode fazer pausas a cada meia hora, a cada uma hora ou então depois acabar uma tarefa, por exemplo.

Porque, normalmente, o estresse no trabalho surge de uma falta de uma pausa. E essa pausa pode significar você parar 1 minutinho – literalmente 1 minuto – e tomar um copo d’água, enquanto presta bastante atenção nas sensações que esse copo d’água traz para você.

2. Vá ao banheiro

Além disso, é super comum que as pessoas não percebam que estão com vontade de ir ao banheiro. Então, a pausa pode, justamente, servir para você ir até o banheiro, lavar aos mãos, o rosto etc.

Porque a intenção aqui é que você possa tirar, por uns instantes, o seu foco do que você está fazendo e possa ter um pouquinho de cuidado com o seu próprio corpo.

3. Respiração diafragmática

A técnica da respiração diafragmática pode ser feita em qualquer lugar e em qualquer momento! Ou seja, não importa qual seja o seu ambiente de trabalho, a respiração diafragmática poderá ser uma aliada no combate ao estresse. E melhor ainda, a técnica não tem custo e você pode fazer em qualquer posição – sentado, deitado, caminhando.

Gostamos de chamá-la de respiração 4-2-6, justamente porque consiste em:

  1. Puxar o ar pelo nariz por 4 segundos;
  2. Segurar o ar nos pulmões por 2 segundos;
  3. Soltar o ar pela boca durante 6 segundos.

Para praticar a técnica guiada por um de nossos terapeutas, você pode clicar aqui e acessar um áudio especial que produzimos para te ajudar!

Como diminuir o estresse mental

O estresse mental costuma surgir quando a nossa mente está cheia de pensamentos; podem ser preocupações ou até mesmo foco excessivo no trabalho. Eventualmente, sentimos dores de cabeça e muito cansaço.

Algumas pessoas chamam esse cansaço de cansaço mental, em oposição ao cansaço que a gente sente no nosso corpo. Mas então, o que podemos fazer para controlar esse estresse mental?

1. Pratique uma meditação

Eu recomendo que você pratique uma meditação. Porque a meditação vai fazer você se reconectar com o seu corpo e se conectar com o momento presente.

Dessa forma, os pensamentos que estão ocupando você e que estão te atrapalhando no momento, poderão ser libertados através da meditação. E assim, permitindo que você “libere espaço” para se preocupar com as coisas que são de fato importantes para você!

2. Tire uns minutos para se deitar

Além disso, uma outra sugestão é, na medida do possível, você se deitar um pouco, fechar os olhos e apenas respirar fundo, por 3 a 5 minutos. Esse momento de pausa será importante para a sua mente entrar em contato com um pouco de paz.

Contudo, se você está sofrendo com dores de cabeça ou outros sintomas físicos, vale a penas consultar um médico!

Como aliviar o estresse emocional

O estresse emocional – que vem das emoções – costuma ser dos mais desafiadores, porque envolve não apenas o que estamos sentindo na nossa cabeça, mas também o que estamos sentindo no corpo.

Normalmente, ele vem acompanhado de ímpetos, vontades. Algumas vezes, essas vontades estão relacionadas à agressividade, irritabilidade, inquietude e isolamento.

As emoções nos dão sinais e nos fazem pedidos; pedem para a gente falar mais alto, pedem para a gente xingar, pedem para a gente se remover daquele lugar que é muito desafiador etc.

Ter a habilidade de, em um momento difícil de crise, agir conforme os seus valores, em vez de seguir os pedidos das suas emoções, é o que deveremos buscar nesses casos. A técnica de ouro que eu vou passar aqui para você ajudará justamente nesses momentos.

E a técnica é a respiração diafragmática!

Porém, nessa situação, você precisa parar tudo que está fazendo e praticar a respiração. Porque o estresse que surge de uma carga emocional pode, facilmente, te levar a outros problemas e desafios, se não for controlado. Sendo assim, não deixe que esse estresse emocional se transforme em uma bola de neve e te prejudique.

A respiração diafragmática tem sido usada na psicologia há décadas e tem se mostrado muito eficaz para aliviar as tensões que vêm das emoções.

Clique aqui para praticar a respiração diafragmática com um de nossos psicólogos!

4 exercícios para estresse e ansiedade

1. Relaxamento progressivo

Você pode fazê-lo sentado ou deitado – de pé não vai ter como. Para praticá-lo, acesse o vídeo com instruções, clicando aqui!

Ao longo do áudio, você irá relaxar mentalmente cada parte dos seu corpo, da ponta dos pés à ponta da cabeça. Esse exercício faz com que tensões ao longo do seu corpo possam ser aliviadas, reduzindo a sua carga de estresse e ansiedade.

2. Relaxamento progressivo de Jacobson

No relaxamento progressivo de Jacobson você vai, já deitado, tencionar e relaxar os seus músculos. Com a ajuda de um áudio para te guiar, você receberá instruções muito claras para saber em que momento contrair e em que momento relaxar – e quais músculos contrair e relaxar.

Esses movimentos de contração e relaxamento seguidos fazem com que você tenha uma sensação profunda de relaxamento.

3. Sair para caminhar

O terceiro exercício para você aliviar estresse e a ansiedade é sair para dar uma caminhada. E essa caminhada deve ser feita, preferencialmente, em um parque ou então em alguma rua que possa ter árvores. Ou seja, algum lugar que seja arborizado e próximo da natureza.

E isso faz com que o seu corpo possa se reconectar com o momento presente, possa criar uma conexão com a natureza e reduzir a carga de estresse e ansiedade que está atormentando você.

4. Meditação

Por último, o quarto exercício é você praticar uma meditação. Hoje em dia existem diversos vídeos, aplicativos e áudios para meditação guiada. No entanto, te recomendamos a meditação Folhas no Riacho!

Essa meditação faz com que você se imagine embaixo de uma árvore, enquanto as folhas dessa árvore estão caindo em um riacho logo à sua frente. Nessas folhas que estão caindo, você vai deixando seus pensamentos e preocupações, permitindo que o riacho as leve embora.

Aprenda como diminuir o estresse com a Eurekka

A Eurekka é a maior clínica de psicologia com atendimento online do Brasil! Através de Eurekka, você pode receber um atendimento individualizado de um dos nossos terapeutas, que irão entender suas demandas e te ajudar a viver uma vida plena e livre de estresse e ansiedade.

Se você quiser saber mais sobre a terapia da Eurekka ou marcar sua conversa inicial para dar início ao seu tratamento, é só clicar aqui!

Parabéns por ter procurado informação e ter chegado até aqui, nós estamos muito orgulhosos de você! Curtiu o texto? Para acessar mais conteúdos gratuitos como esse sobre psicologia e saúde emocional, clique na rede social que preferir: Instagram, Facebook e YouTube!