Teste da empatia: descubra se você é uma pessoa empática

JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS
Receba o Momento Eurekka com dicas semanais de Saúde Emocional exclusivas:

A empatia é conhecida como um braço em volta do ombro e algumas palavras tranquilizadoras, como: “eu te entendo”. Em seu sentido mais amplo, ela é considerada uma dimensão fundamental da competência interpessoal e de comunicação. A empatia aumenta a compreensão que uma pessoa tem dos outros e a capacidade de fazer previsões sobre os outros.

A compreensão e a previsão tornam a empatia uma ferramenta possível para persuasão, obtenção de conformidade, desenvolvimento relacional e aconselhamento. Ela também afeta a tomada de decisão sobre os outros e a atribuição, além de atuar na reflexão sobre o que foi percebido, criando uma atmosfera de apoio e harmonia.

Seres humanos são criaturas naturalmente sociais. Isso faz com que a habilidade de empatizar seja fundamental para a convivência em sociedade. Assim, o teste de empatia pode de ajudar a descobrir se você tem essa qualidade.

O que é a empatia?

Se usa termo “empatia” para descrever uma ampla gama de experiências. Os pesquisadores de emoções geralmente definem empatia como a capacidade de sentir as emoções de outras pessoas e a capacidade de imaginar o que outra pessoa pode estar pensando ou sentindo.

Sendo assim, empatia é a capacidade de compreender ou sentir o que outra pessoa está vivenciando a partir de seu referencial, ou seja, a capacidade de se colocar no lugar do outro. Os tipos de empatia incluem empatia cognitiva, empatia emocional (ou afetiva) e empatia somática.

A empatia afetiva, também chamada de empatia emocional, é a capacidade de responder com uma emoção apropriada aos estados mentais de outra pessoa. A empatia cognitiva é a capacidade de compreender a perspectiva ou o estado mental de outra pessoa.

Além disso, empatia somática é uma reação física. Provavelmente se baseia nas respostas dos neurônios-espelho, no sistema nervoso somático.

Para que serve a empatia?

teste de empatia

Empatia é um alicerce da moralidade e também um ingrediente-chave para relacionamentos bem-sucedidos, pois nos ajuda a compreender as perspectivas, necessidades e intenções dos outros. Aqui estão algumas das maneiras pelas quais a empatia se mostra importante no dia-a-dia:

  • Pessoas com maior empatia têm maior probabilidade de ajudar os necessitados, mesmo quando isso for contra seus próprios interesses
  • É contagiosa: quando as normas do grupo encorajam a empatia, as pessoas tendem a ser mais empáticas – e mais altruístas
  • Reduz o preconceito e o racismo: em um estudo, participantes brancos que passaram a ter empatia por um homem afro-americano demonstraram menos preconceito racial depois;
  • Boa para o seu relacionamento: pesquisas sugere que ser capaz de compreender as emoções do seu parceiro aprofunda a intimidade e aumenta a satisfação no relacionamento, sendo, também, fundamental para resolver conflitos;
  • Reduz o bullying: quando somos capazes de nos colocar no lugar do outro, a agressão diminui e a gentileza aumenta;
  • Combate a desigualdade: ela nos encoraja a estender a mão e querer ajudar as pessoas que não fazem parte de nosso grupo social, mesmo aquelas que pertencem a grupos estigmatizados, como os pobres.
  • É boa para o ambiente de trabalho: os gerentes que demonstram empatia têm funcionários que adoecem com menos frequência e relatam maior felicidade.
  • É boa para a saúde: um estudo descobriu que médicos com alto grau de empatia têm pacientes que gozam de melhor saúde; outra pesquisa sugere que treinar os médicos para serem mais empáticos melhora a satisfação do paciente e o próprio bem-estar emocional dos médicos.
  • É boa para a polícia: a pesquisa sugere que a empatia pode ajudar os policiais a aumentar sua confiança em lidar com crises, difundir crises com menos força física e sentir-se menos distantes das pessoas com quem estão lidando.

Como ter empatia?

Seres humanos experimentam empatia afetiva desde a infância, sentindo fisicamente as emoções de seus cuidadores e muitas vezes refletindo essas emoções. A empatia cognitiva surge mais tarde no desenvolvimento, por volta dos três a quatro anos de idade, mais ou menos quando as crianças começam a desenvolver uma “teoria da mente” elementar – isto é, a compreensão de que outras pessoas experimentam o mundo de maneira diferente delas.

A partir dessas primeiras formas de empatia, podemos desenvolver formas mais complexas que ajudam muito a melhorar nossos relacionamentos e o mundo ao nosso redor. Aqui estão algumas atividades específicas para cultivar a empatia:

Não julgue

Não tire conclusões precipitadas sobre os outros. Sentimos menos empatia quando presumimos que as pessoas que sofrem estão de alguma forma recebendo o que merecem.

Cada vez que você decide julgar as “falhas” de outras pessoas, você se esquece da frustração e dor que vêm com elas. E cada vez que você se concentra na sua frustração e na sua dor, você se concentra em si mesmo e para de evoluir como pessoa, deixando de contribuir para o mundo.

Demonstre interesse

Quando você demonstra interesse, isso mostra que as pessoas são uma prioridade em sua vida, e isso melhora os relacionamentos. As pessoas que nos fazem sentir melhor normalmente são as que nos escutam, nos fazem sentir vistos e prestam atenção na gente. Faça isso pelos outros.

Ouça com atenção

A escuta ativa, ou seja, expressar interesse ativo no que a outra pessoa tem a dizer, faz com que ela se sinta ouvida. Além disso, é por meio da escuta ativa que se consegue interpretar e analisar o que o outro está dizendo e chegar a conclusões isentas de equívocos.

Autoconhecimento

Estudos sugerem que pessoas empáticas não são apenas pessoas que têm a habilidade de navegar nas emoções de outras pessoas. Elas também estão em contato com seus próprios sentimentos – o que significa que o autoconhecimento pode ser uma das bases da empatia.

Como saber se sou uma pessoa empática?

empatia

Muitas pessoas são altamente empáticas, mas algumas não percebem. Eles podem acreditar que são diferentes de uma forma profunda, mas não são capazes de definir o que os torna únicos ou compreender completamente suas experiências emocionais. Confira estes 4 sinais e veja com quantos você se relaciona:

Você é um ótimo ouvinte

Pessoas que são altamente empáticas concentram-se em ouvir, em vez de falar, porque querem se colocar na situação da outra pessoa. Para compreender verdadeiramente as dificuldades ou triunfos que a outra pessoa está sentindo, eles querem saber todos os detalhes sobre o que está acontecendo na vida da outra pessoa.

Eles ouvem as palavras, bem como estudam quaisquer pistas não-verbais. Eles também estão atentos, o que significa que estão focando seus pensamentos no momento presente e mantendo-se envolvidos na conversa.

Você é uma fonte de aconselhamento e apoio

Uma pessoa altamente empática é capaz de investir naturalmente nas emoções dos outros, se torna uma fonte de conselho, apoio e orientação para os outros. Isso acontece tanto pessoal quanto profissionalmente.

Suas excelentes habilidades de escuta os ajudam a oferecer conselhos bem elaborados enquanto fazem com que os outros se sintam apreciados, aceitos e amados. Assim, a combinação de sua capacidade de ouvir bem e de compartilhar os sentimentos dos outros os torna excelentes conselheiros. É por isso que pessoas altamente empáticas gravitam em torno de profissões que ajudam, como terapeutas, professores e médicos.

Você coloca as necessidades dos outros em primeiro lugar

Aqueles que são altamente empáticos tendem a cuidar dos outros antes de cuidar de si mesmos. Eles se colocam completamente no lugar das pessoas ou animais de quem cuidam, colocando os outros em primeiro lugar sobre suas próprias necessidades.

Portanto, por serem altamente empáticos, são capazes de tomar decisões excelentes sobre como seus cuidados afetam a outra pessoa ou animal tanto emocional quanto fisicamente. Contudo, podem negligenciar suas próprias necessidades.

Você consegue detectar energias positivas e negativas

Toda a matéria do universo, incluindo nosso corpo, está em constante estado de vibração ou movimento. As vibrações de nossos corpos se espalham para o espaço ao nosso redor.

Assim, os empatas são capazes de sentir essa energia naturalmente e interpretar as emoções que os outros estão enviando – tanto positivas quanto negativas. Ou seja, pessoas altamente empáticas também podem reconhecer vibrações boas e ruins, mas podem exigir informações adicionais, como linguagem corporal e dicas verbais.

Por exemplo, você já entrou em uma reunião alguns minutos atrasado e sabe que algo não estava certo? Você se sente instantaneamente para baixo, mas não há explicação lógica para isso. Muito provavelmente, você é um empático ou altamente empático.

Teste para identificar a capacidade empática

teste de empatia eurekka

A baixa empatia é um critério para a maioria dos transtornos externalizantes, e o treinamento da empatia é um componente regular no tratamento de pessoas agressivas, que praticam bullying e até agressores sexuais.

Teste ACME para empatia

O ACME é um teste curto, confiável e útil que mede níveis de empatia, além de poder ser encontrado e realizado online. Neste teste, se aborda os aspectos e importância da empatia.

Ademais, algumas pessoas têm níveis excessivos, enquanto outras estão extremamente em baixa na escala. Em ambos os casos extremos isso deve ser trabalhado, já que o ideal é ter uma escala de média para alta de empatia para com as outras pessoas que te rodeiam. 

Tratamento com a Eurekka

sede presencial eurekka

Por fim, a Eurekka tem psicólogos escolhidos a dedo para te ajudar a melhorar sua qualidade de vida. A terapia é uma arma poderosa contra a insatisfação e o desprazer, pois te ajuda a ter mais autoconhecimento e, com isso, mais poder sobre suas escolhas. Clique aqui para marcar uma consulta.

Além disso, nós somos uma clínica de medicina também. Contamos com médicos de diversas especialidades, inclusive psiquiatras. Para saber mais é só clicar aqui.

Por fim, para acessar mais materiais como esse não deixe de conferir nosso Blog. Além disso, a Eurekka está nas redes sociais, confira todos nosso conteúdos lá: Instagram Facebook e YouTube ou no nosso aplicativo.

🥰 Este artigo te ajudou?

0 / 5 5

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados

ATENÇÃO TERAPEUTA

desafio terapeuta confiante

DOMINE O ATENDIMENTO ONLINE

09 aulas ao vivo gratuitas para você aprender tudo sobre atendimento terapêutico online.